CAÇAS

Caças russos Su-27 interceptam 2 aeronaves militares dos EUA sobre águas neutras do mar Negro

Caças russos Su-27 interceptam 2 aeronaves militares dos EUA sobre águas neutras do mar Negro
Defesa10:41 29.06.2020(atualizado 11:01 29.06.2020) URL curtahttps://cdnbr1.img.sputniknews.com/img/1041/88/10418871_0:151:2901:1783_1200x675_80_0_0_436a6894106329db1263810863fe0679.jpgSputnik Brasilhttps://cdnbr2.img.sputniknews.com/i/logo.pngSputnikhttps://cdnbr2.img.sputniknews.com/i/logo.pnghttps://br.sputniknews.com/defesa/2020062915770499-cacas-russos-su-27-interceptam-2-aeronaves-militares-dos-eua-sobre-aguas-neutras-do-mar-negro/Caças Su-27 foram acionados para interceptar duas aeronaves militares dos EUA que estavam sobrevoando o mar Negro, informa Centro Nacional de Controle da Defesa da Rússia. "Em 29 de junho de 2020, as forças de serviço de defesa antiaérea do Distrito Militar do Sul identificaram e iniciaram a escolta…

Defesa

URL curta

https://cdnbr1.img.sputniknews.com/img/1041/88/10418871_0:151:2901:1783_1200x675_80_0_0_436a6894106329db1263810863fe0679.jpg

Sputnik Brasil

https://cdnbr2.img.sputniknews.com/i/logo.png

https://br.sputniknews.com/defesa/2020062915770499-cacas-russos-su-27-interceptam-2-aeronaves-militares-dos-eua-sobre-aguas-neutras-do-mar-negro/

Caças Su-27 foram acionados para interceptar duas aeronaves militares dos EUA que estavam sobrevoando o mar Negro, informa Centro Nacional de Controle da Defesa da Rússia.

“Em 29 de junho de 2020, as forças de serviço de defesa antiaérea do Distrito Militar do Sul identificaram e iniciaram a escolta de um avião de patrulhamento antissubmarino P-8A Poseidon da Marinha dos EUA e uma aeronave de reconhecimento RC-135 da Força Aérea norte-americana sobre águas internacionais do mar Negro”, informa o comunicado.

Além disso, destaca-se também que os aviões dos EUA foram monitorados pelos radares de controle russos a uma distância significativa da fronteira do país.

Avião de reconhecimento norte-americano RC-135

A interceptação dos alvos foi executada por caças Su-27 do Distrito Militar do Sul. Durante a operação não foi registrada nenhuma violação de fronteira da Rússia.

“Os voos dos caças russos foram realizados em estrita conformidade com as regras internacionais de uso do espaço aéreo sobre águas internacionais, sem violar fronteiras de outros países”, conclui comunicado.

A atividade dos aviões militares norte-americanos próximo das fronteiras russas tem aumentado nos últimos dias. Assim, na semana passada sobre as águas do mar Báltico foram detectados bombardeiros da Força Aérea dos EUA.

Fonte

Tradutor - Translate »